Respiração Consciente – O exercício mais poderoso para alcalinizar, purificar e rejuvenescer o corpo e a mente

Neste artigo eu irei abordar a importância da respiração consciente e como você pode começar a respirar conscientemente. A maneira como você respira é a maneira como você vive. Respirar é absolutamente essencial para a vida, mas muitas vezes esta prática é esquecida como uma necessidade para uma boa saúde. A respiração completa e livre é uma das chaves mais poderosas para alcalinizar o organismo, e melhorar o bem-estar físico, emocional e espiritual.

Em meu livro sobre a Dieta Alcalina eu também abordo o tema da importância da respiração consciente e correta.

Respirar plena e livremente é um direito nosso de nascença. Se você observar um bebê respirando, você verá a beleza e a simplicidade do fluxo no corpo. Com cada inspiração, o ventre do bebê se enche de ar como um balão, a pélvis balança, as pernas abrem, o tórax sobe e depois desce, como as ondas no oceano. Esta é a respiração natural, oceânica de corpo inteiro. É a maneira que nós fomos feitos para respirar.

Respirando sem esforço, um bebê vive plena e livremente no “agora”, na expansividade do momento. Não existe passado para se lembrar, não existe futuro para planejar ou se preocupar. Cada respiração é um processo de receber do universo e dar-lhe de volta. Com cada inspiração, ele recebe e toma a vida dentro de si. Com cada expiração, ele deixa ir e dá de volta. Ele está em contato com o ritmo essencial da vida.

“A respiração completa e livre é uma das chaves mais poderosas para melhorar o bem-estar físico, emocional e espiritual.”

O bebê não sabe ou faz isso conscientemente, mas simplesmente experimenta uma paz, alegria e conexão inerentes com todas as coisas. Naturalmente, um bebê também vai experimentar as necessidades e ser fortemente influenciado pelo ambiente em que está. Ele vai ter explosões emocionais ou choros por atenção, mas o que é importante notar é a facilidade com que um bebê retorna a um estado relaxado de calma e paz. Assim como os animais, as crianças têm uma grande capacidade de resiliência. Em um momento elas podem estar gritando e logo de seguida, depois de um breve olhar reconfortante ou um abraço, elas regressam a uma paz profunda e calma.

Ao longo do tempo, a criança absorve e acumula as tensões e os estresses da sua família e aprende os comportamentos do ambiente em redor. À medida que cada um experimenta as alegrias, desafios e traumas da vida, começamos a antecipar e reagir a partir das nossas experiências passadas de prazer e dor. Infelizmente, perdemos a liberdade e a expansividade que eram naturais ao nascer. Ficamos com medo da desaprovação, punição ou abandono. Experimentamos sentimentos desagradáveis com os quais não sabemos lidar.

Em resultado disso, começamos a nos contrair mais frequentemente ou até mesmo desligar. Aprendemos a “controlar” a nós mesmos, a “ser bons”, a receber atenção positiva. Nós sacrificamos os nossos desejos para termos a aprovação dos outros. Para nos controlarmos dessa maneira, inconscientemente apertamos os nossos músculos e restringimos a nossa respiração. Descobrimos que quanto menos respiramos, menos sentimos – e mais fácil é superar os desafios e as dificuldades da vida moderna. Ao longo do tempo, esse processo desenvolve reações inconscientes repetidas que bloqueiam o corpo e impedem a plena expressão de prazer e dor. O fluxo essencial da energia da força vital fica retorcido como uma mangueira e todo sistema funcional no corpo acabará por se degradar mais rapidamente.

Enquanto adultas, muitas pessoas tendem a respirar levemente e de forma rasa, principalmente no peito, com pouco movimento visível. Para piorar as coisas, a maioria das pessoas contrai-se e literalmente pára de respirar por períodos curtos durante situações estressantes ou quando estão focados mentalmente em alguma coisa ou no trabalho. Estes períodos de contração e de paragem na respiração criam uma sufocação de baixo grau no corpo. A sufocação leva ao sofrimento. A falta de oxigênio e o aumento da tensão dificulta o fluxo de sangue, nutrientes e energia vital.

respiração consciente - um exercício poderoso para alcalinizar o organismo e transformar nosso estado físico e emocional

“Quando contraímos ou sustemos a respiração, perdemos o contato com o que está acontecendo no momento presente”.

Quando contraímos ou sustemos a respiração, perdemos o contato com o que está acontecendo no momento presente – com quão mágico, agradável e maravilhoso é apenas estar vivo. Em vez disso, nos concentramos demais na cabeça e ficamos presos no passado e no futuro. Nossas mentes estão a mil com pensamentos – preocupações, cálculos e planejamentos. Perdemos a liberdade, a alegria e a expansividade que são naturais quando estamos relaxados em nossa respiração e conectados à nossa consciência corporal.

Milagrosamente, ao direcionar a sua consciência de volta à sua respiração e aprendendo a trabalhar nisso, você pode recuperar o que foi perdido. Você pode aprender a abandonar os padrões de preocupação e tensão, que o prendem, e retornar à respiração natural, oceânica, de corpo inteiro. Como um bebê, você pode experimentar o pleno sentimento, possibilidade e conexão de cada momento.

 

A arte da respiração consciente

À medida que você toma consciência da sua respiração e lida com ela conscientemente, você faz uma ligação direta ao seu sistema nervoso autônomo, ganhando acesso a uma parte de si mesmo que geralmente funciona fora da consciência consciente.

Não é por acaso que muitas técnicas de meditação se baseiam na respiração. À medida que a nossa respiração se enche e se aprofunda, podemos nos sentir a abrandar, abrindo, ficando mais espaçosos por dentro.

À medida que você alonga e aprofunda a respiração, inspirando e expirando, você consegue sentir uma conexão entre o interior e o exterior. Através da nossa respiração, é possível nos sentirmos conectados com todos os seres vivos. Quando você experimentar pela primeira vez a respiração de corpo inteiro irá descobrir o verdadeiro relaxamento e um senso genuíno de unicidade.

A respiração consciente é regenerativa e restauradora. Ela pode nos limpar de toxinas que se acumularam no corpo e na mente. Pode ajudar a livrar-nos de preocupações e tensões e nos trazer de volta à nossa verdadeira natureza de abertura e conexão relaxada. Esta nossa função mais básica e essencial também pode ser a mais transformadora. Muitas vezes eu me sentia cansado e desmotivado, com muito por realizar; Contudo, com somente alguns minutos de respiração consciente, eu consigo me sentir revigorado e energizado.

“A respiração consciente é regenerativa e restauradora, pode limpar-nos de toxinas que se acumularam no corpo e na mente”.

Além da linha de base da respiração natural, há também uma arte para cultivar a sua respiração de maneiras mais poderosas. Os ensinamentos de yoga, artes marciais e muitos outros sistemas culturais e espirituais têm raízes profundas no culto da respiração. De acordo com muitos desses antigos ensinamentos, a respiração gera energia eletromagnética, ou energia da força vital – comumente chamada Prana, Qi ou Mana – que pode curar o seu corpo e aprofundar as suas práticas espirituais.

Este é o lugar onde a alquimia entra, onde a respiração consciente pode mudar a sua vida. Para uma pessoa que experimenta uma grande quantidade de estresse e tensão, concentrar-se na respiração e relaxamento é a maneira mais eficaz de recalibrar o seu sistema nervoso. O sistema nervoso autônomo pode ficar preso em uma resposta simpática crônica que causa sofrimento e medo. Neste caso, o sistema digestivo recebe menos suprimento de sangue e o corpo está em alerta, comumente conhecido como modo de resposta de luta ou fuga. Muitas pessoas nesta sociedade acelerada estão operando a partir de uma resposta de estresse constante em seu sistema nervoso autônomo. A respiração consciente é uma maneira de desmantelar as respostas de estresse habituais, estabelecendo uma confiança mais profunda e presença incorporada em cada momento.

Respostas de estresse crônicas originam uma mente hiperativa, saúde precária e uma desconexão dos ciclos naturais e interconectividade com toda a vida. Quando você libera a sua respiração, você se torna mais resplandecente, mais saudável e resistente. Toda as experiências na vida podem tornar-se mais harmoniosas e significativas quando você está em sintonia com o poder e nutrição da respiração consciente.

Do ponto de vista das grandes tradições espirituais do mundo, a nossa respiração não só traz oxigênio e outros gases necessários para o corpo físico, mas é também uma forma importante de liberar estresse acumulado, tensão emocional e toxinas. Quando somos conscientes e intencionais com a nossa respiração, as energias mais saudáveis (Prana, Qi ou Mana) necessárias para ajudar a nutrir os nossos corpos vão revigorar e ativar o fluxo de energia dentro de nossos corpos sutis e energéticos. Com bastante acumulação de energia e absorção meditativa, surgem novas fronteiras de consciência e surgem as dimensões espirituais mais aprazíveis da interconexão. O que quer que possamos acreditar sobre a nossa alma e espírito, a nossa respiração e a forma como respiramos, está intimamente ligada a todos os aspetos do nosso ser.

 

Exercício de respiração: A respiração consciente completa

A primeira fase da respiração saudável é tornar-se consciente de como você realmente respira. Percebendo se estamos relaxados e permitindo que a respiração naturalmente se aprofunde na barriga inferior ou se a respiração é superficial e principalmente na região superior do tórax. O diafragma, que está localizado perto do plexo solar, é um “portal” vital da respiração. Em uma respiração completa e saudável, o diafragma se expande facilmente para baixo, junto com os lobos inferiores dos pulmões, como se estivesse sendo puxado pela terra para dentro da sua pélvis quando você inspira. Para que isso aconteça facilmente, seu corpo e estado emocional precisam estar relaxados e se sentir seguros. Se você tem muita tensão ou estresse emocional, seu diafragma estará apertado, como se estivesse travado no lugar.

Comece por se sentar com a coluna perfeitamente esticada e reta. Permita que cada respiração se aprofunde suavemente em sua barriga e role para cima a partir do interior da sua coluna vertebral, criando um pouco de elevação e tração com cada inalação enquanto o ar enche os pulmões superiores. Na expiração, deixe o seu corpo desinflar e rodar para a frente um pouco enquanto o ar esvazia para fora de você, com um suave aperto do abdômen no final da exalação. Repita esta onda de respiração por alguns minutos. Observe quão suave e natural é sentir a respiração rolar através de você desde a sua pélvis até ao pescoço.

Expanda a sua capacidade de respiração

A segunda fase é começar a exagerar e expandir a sua capacidade de respiração. Aqui você quer se concentrar em usar cada inalação para esticar mais profundamente até sua pélvis e encher totalmente até as suas costelas. Exagerar a sua respiração libera tensões estruturais e bloqueios emocionais no corpo. Também torna mais espaçoso o seu corpo físico, o que permite que a sua respiração inconsciente natural seja mais cheia e relaxada. Assim como as posturas de yoga, a respiração pode ser usada para esticar o corpo de dentro para fora. Muitos praticantes de yoga dizem que as Pranayama (práticas de respiração ióguica) são a origem das posturas de yoga e o cerne de uma verdadeira prática de yoga.

Coloque uma mão em sua barriga inferior e uma mão em sua parte superior do peito. Encha a mão inferior com uma grande respiração em expansão e, em seguida, continue expandindo para cima em sua mão superior, alargando as costelas para fora e esticando e abrindo toda a sua área do peito. Concentre-se sempre em sentir a respiração movimentar-se não só na frente, mas também na parte de trás do seu corpo. A respiração exagerada é uma maneira de esticar-se abrindo-se do interior para fora. Este tipo de respiração também pode ser chamada de respiração estrutural, uma vez que reestrutura a sua postura, abrindo mais espaço em todo o seu tronco, com o uso completo de sua capacidade pulmonar. Esta prática também massageia os seus órgãos e libera qualquer congestionamento que possa existir em seu intestino e/ou fígado.

Respire para purificar e limpar

A terceira fase é purificar e limpar o corpo com a expiração. Ao esticar e abrir o corpo com grandes respirações profundas, você permite que as áreas de congestionamento sejam descarregadas através do sangue e pulmões. Os pulmões são um importante órgão de eliminação, e a maneira mais significativa de alcalinizarmos nossos corpos é através da nossa respiração. Nesta fase, você se concentra em abrir a boca e esvaziar os pulmões na exalação, estimulando a liberação de ar estagnado, partículas e dióxido de carbono. Abra bem a mandíbula e permita que um grande volume de ar passe através da sua traqueia. Você também pode tentar adicionar um som “HA” como uma forma de vibrar e aumentar a abertura do seu coração e limpeza de energia estagnada.

“A respiração purificadora é uma prática poderosa para liberar o estresse e a acumulação emocional.”

A respiração purificadora é uma prática poderosa para liberar o estresse e a acumulação emocional. Sempre que temos uma liberação emocional, ela sai de alguma forma através da boca. Quer seja chorando, rindo ou raiva, a boca e a respiração desempenham um papel importante na experiência. Concentrar-se em limpar os seus pulmões com uma grande exalação de ar vai refrescar e limpar seu corpo fisicamente, emocionalmente e espiritualmente.

A fase seguinte é focar a sua atenção para dentro com cada respiração e senti-la profundamente em seu corpo. A energia da força vital é dirigida para onde a sua atenção vai. Voltar a sua atenção para dentro e iluminar a sua percepção de sentimento interno é uma poderosa maneira de curar o seu corpo e despertar a consciência espiritual. À medida que você sente e se apercebe do seu coração batendo e da circulação em todo o seu corpo, você começa a acumular a energia da força vital. Aqui é onde o fundamento da meditação é construído. A sua respiração desperta a percepção interior, que gera concentração e energia, que leva à lembrança e experiência de profunda conexão espiritual.

Com a consistência destas práticas de respiração simples, haverá um aumento gradual da sua energia, clareza e paz de espírito. À medida que o corpo recebe mais oxigênio e energia vital, ele se auto-regula e se regenera. Então você começará a armazenar esta energia vital – Você pode notar um aumento do desejo sexual e até se sentir mais emocional. Continue construindo esta energia e acolha mais fluxo em sua vida. Deixe a sua respiração abrir todo o seu caminho e mover você através de qualquer um dos desafios que você enfrenta.

Sempre que você tiver alguns momentos de pausa ou estiver esperando por alguém, use-os como uma oportunidade para se concentrar na sua respiração. Se estiver sentindo dúvida ou medo, você sempre terá a sua respiração para guiar você através do que você sente. Não importa o quão velho você é ou se sente, a maneira como você respira irá definir a forma como você vive.

Respire mais, ame mais, ria mais!

 

Este texto foi baseado no artigo publicado originalmente em Inglês em >>> preventdisease.com/news/16/111516_Most-Powerful-Exercise-Purify-Rejuvenate-Body-Mind.shtml

Para receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos" coloque seu Nome e Email abaixo e clique no botão "Quero Receber":

Author: Carlos Pereira

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

OFERTA

OFERTA

 

Para receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos" insira o seu melhor EMAIL abaixo e clique no botão "Quero Receber"

Email
E-mail Marketing por TrafficWave.net

Sucesso! Agora verifique seu email!