Pepsi admite que seu refrigerante contém ingredientes que causam câncer

Quando o Center for Environmental Health, em 2013, divulgou resultados de testes mostrando que a Pepsi encobriu intencionalmente a presença de níveis elevados de 4-MEI em seus refrigerantes populares, a empresa negou tanto a presença deste produto químico em suas bebidas como também o fato de que era perigoso.

4-MEI é a abreviação de 4-Metilimidazol, que é um dos produtos de degradação do corante Caramelo IV, usado em refrigerantes de cola e bebidas energéticas, sendo um conhecido agente cancerígeno.

colas e refrigerantes contem ingredientes que causam cancer

Desde então, a fabricante de bebidas tem lutado contra o estado da Califórnia cujos requisitos obrigam à colocação de uma etiqueta de advertência cancerígena nas bebidas que contêm o ingrediente, que incluem não só a Pepsi, mas também a Diet Pepsi e Pepsi One.

Agora, uma decisão de uma ação coletiva contra a Pepsi ganhou aprovação preliminar de um juiz federal na Califórnia. Como parte do acordo proposto, a Pepsi concordou em garantir que os níveis do corante de caramelo (4-MEI) não excedam 100 partes por bilhão em produtos que estão sendo enviados para venda dentro dos Estados Unidos. Eles também serão obrigados a testar o refrigerante usando protocolos específicos.

A gigante dos refrigerantes também concordou com essas medidas em um processo diferente que decorreu em um tribunal estadual da Califórnia. O novo acordo, no entanto, expande o alcance destas medidas da Califórnia para todo o país.

A Pepsi não alertou os consumidores que as suas bebidas contêm agentes cancerígenos conhecidos.

A ação acusa a Pepsi de não alertar as pessoas que as suas bebidas contêm 4-MEI, uma substância que a Califórnia reconhece oficialmente como sendo um produto químico que causa câncer.

Um teste de 2014 mostrou que o teor de 4-MEI na Pepsi ultrapassou o nível permitido de 29 microgramas por garrafa ou lata, o que significaria que eles estavam a violar a lei comum e os estatutos de proteção do consumidor do estado da Califórnia.

Em particular, isso viola a Proposição 65 da Califórnia (California’s Proposition 65), que está em vigor desde 1985, e que obriga os fabricantes a fornecer aos consumidores avisos claros quando os seus produtos vão expô-los a produtos químicos tóxicos e/ou causadores de câncer.

De salientar que o corante de caramelo é o corante alimentar mais utilizado no mundo. Ele está presente não apenas na Pepsi mas também na maioria das colas e algumas bebidas energéticas, e também em algumas comidas processadas.

“Não importa o quanto os consumidores bebem, eles não esperam que as suas bebidas tenham um potencial cancerígeno. E nós achamos que o 4-MEI não deve estar presente em nenhum tipo de alimento.” – afirmou o toxicologista Dr. Urvashi Rangan.

Será que o prazer de beber refrigerante realmente vale o risco de contrair câncer ou obesidade?

Simplesmente não faz sentido que as pessoas se exponham desnecessariamente a um ingrediente que serve somente para colorir a comida, e os consumidores têm o direito de saber o que eles estão colocando em seus corpos.

O corante de caramelo causador de câncer que está presente na Pepsi não é a única razão pela qual os consumidores devem evitar esse tipo de bebidas. Também se acredita que os refrigerantes são os responsáveis pela epidemia de obesidade do país. Um estudo da UCLA revelou que adultos que consumiram uma bebida açucarada (por exemplo, um refrigerante) todos os dias tinham um risco 27% maior de ser classificados com sobrepeso do que aqueles que não ingerem tais bebidas. Além disso, beber apenas um refrigerante a cada dia acrescenta cerca de 17,5 kg de açúcar a cada ano! Isso significa que quem bebe refrigerante regularmente pode reduzir o risco de obesidade e câncer de uma só penada, simplesmente, deixando de ingeri-los.

 

Também foram realizados testes que revelaram níveis diferentes de 4-MEI consoante o estado americano onde são compradas as bebidas:

niveis de 4-MEI nos refrigerantes

Neste caso a maioria das bebidas compradas em Nova Iorque tinham níveis mais elevados de 4-MEI que as que foram compradas na Califórnia.

Perante estes dados como podemos nós consumidores confiar nestas grandes companhias?!??!

Agora imagine o que não se passará com as bebidas que são exportadas, ou nas fábricas que estas marcas têm em outros países em que a vigilância não é tão apertada, como por exemplo o Brasil.

Para terminar este artigo apenas quero relembrar que os refrigerantes são bebidas altamente acidificantes e que por isso contribuem enormemente para acidificar seu organismo e desequilibrar seu pH.

Para receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos" coloque seu Nome e Email abaixo e clique no botão "Quero Receber":

Author: Carlos Pereira

Share This Post On

Trackbacks/Pingbacks

  1. 5 alimentos não saudáveis que fazem mal pra saúde e que você não deve comer nunca - Dieta Alcalina Blog - […] Refrigerantes estão carregados de açúcar – uma substância que faz muito mal para a saúde . Para além disso,…

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GRÁTIS!!!

 

Você quer receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos"? 

Então coloque seu melhor EMAIL abaixo e clique no botão "Quero Receber"

Email
E-mail Marketing por TrafficWave.net

Sucesso! Agora verifique seu email!