O que são Alimentos Alcalinos / Alcalinizantes, quais são e para que servem (+ PDF Gratuito)

Mas afinal, o que são e quais são os alimentos alcalinos? Esta é uma questão que ainda confunde muitas pessoas e por isso eu decidi escrever este artigo para tentar, de uma vez por todas, esclarecer toda a gente e deitar por terra alguns mitos comuns.

Quando as pessoas pensam em alimentos alcalinos, elas realmente estão pensando se um alimento é ácido ou alcalino em seu estado natural, ou seja, antes de ser ingerido. No entanto, no contexto de uma dieta alcalina NÃO é isso que é importante. O que importa é se o alimento (depois de ser ingerido e metabolizado) vai deixar um resíduo ácido ou alcalino no corpo.

Eu entendo que a designação “alimentos alcalinos” pode gerar alguma confusão, e por isso, no título deste artigo eu escrevi também a palavra “alcalinizantes” para indicar que quando eu falo ou escrevo “alimentos alcalinos” eu realmente estou me referindo a “alimentos alcalinizantes”, também conhecidos como “alimentos com carga alcalina”.

O que são Alimentos Alcalinos e Alimentos Ácidos?

Vamos lá então explicar como saber se um alimento é alcalino ou ácido…

Se os resíduos de um alimento incluem mais Potássio (K), Magnésio (Mg), Cálcio (Ca), Sódio (Na), Ferro (Fe), Zinco (Zn) ou Manganês (Mn) – então esse alimento tem carga alcalina, sendo por isso classificado de Alimento Alcalino ou Alimento Alcalinizante.

Por outro lado, se os resíduos de um alimento são ricos em Fósforo (P), Enxofre (S), Cloro (Cl), Iodo (I), Flúor (F), Cobre (C) ou Silício (Si) – então esse alimento tem carga ácida, e é classificado de Alimento Ácido ou Alimento Acidificante.

Com objetivo de estabelecer linhas de orientação, na dieta alcalina existem as tabelas de classificação dos alimentos de acordo com a sua carga ácida ou alcalina.

O modelo mais popular é o PRAL (Potential Renal Acid Load) – Potencial de Carga Ácida Renal, em português – que indica o efeito dos alimentos, após digeridos, no pH da urina. Neste tipo de tabelas valores PRAL negativos correspondem a alimentos alcalinos/alcalinizantes e valores PRAL positivos indicam alimentos ácidos/acidificantes – sendo que quanto mais negativo for o valor PRAL mais alcalinizante é o alimento e quanto mais positivo for o valor PRAL mais acidificante é o alimento.

Para calcular os valores PRAL é usado o conteúdo mineral e proteico numa porção de 100 gramas de alimento – sendo o Fósforo (P) e a proteína os resíduos ácidos e o Cálcio (Ca), Magnésio (Mg) e o Potássio (K) os resíduos alcalinos.

Tendo por base as tabelas PRAL, outras tabelas de alimentos ácidos e alcalinos e também as minhas próprias pesquisas, eu criei a “Tabela de pH dos Alimentos” (Você pode baixar uma cópia dessa tabela AQUI).

 

Um alimento que muitas vezes eu vejo no meio dessa confusão é o LIMÃO. Muitas pessoas falam que o limão é ácido e por isso seu consumo deve ser reduzido, mas é precisamente o contrário. Apesar do limão ser ácido no seu estado natural e ter um sabor ácido, ele tem um efeito alcalinizante depois de ingerido – devido a sua carga alcalina – contribuindo dessa forma para alcalinizar o organismo.

 

Quais são os Alimentos Alcalinos e os Ácidos?

Para saber quais são os alimentos alcalinizantes e os acidificantes você apenas precisa consultar a minha “Tabela de pH dos Alimentos”.

Mas desde já vou desvendar aqui alguns exemplos:

Alimentos alcalinos / alcalinizantes: abacate, brotos, couve, brocolis, salsa, rabanetes, pepino, gengibre, tomate, toranja, caqui, melancia, lima, limão, chá verde, etc.

Alimentos ácidos / acidificantes: frituras, sorvetes, biscoitos e comidas açucaradas, carnes vermelhas, farinhas brancas processadas, bebidas alcoólicas, refrigerantes, etc.

 

Para que servem os alimentos alcalinos?

Mas, e qual é o objetivo de tudo isso? Para que servem os alimentos alcalinos?

Os alimentos alcalinos, ou seja, alimentos com carga alcalina, contribuem para alcalinizar o organismo e equilibrar o pH.

Muitas das doenças mais comuns nos dias de hoje são consequência da acidificação do organismo. A maioria das pessoas tem uma dieta acidificante, ou seja, consomem maioritariamente alimentos com carga ácida, o que origina o desequilíbrio do pH e abre as portas para todo o tipo de doenças.

E é aqui que os alimentos alcalinizantes podem desempenhar um papel fundamental para inverter esse ciclo vicioso que origina mal estar, falta de energia, depressão, doenças…

Num corpo saudável, as quantidades de ácidos e bases estão em equilíbrio (é a denominada “homeostase do pH”), resultando em um ph sanguíneo levemente alcalino (entre 7,35 e 7,45).

A dieta alcalina é um plano alimentar que privilegia o consumo de alimentos alcalinizantes e que tem como objetivo permitir que qualquer pessoa possa melhorar a sua qualidade de vida, ter mais energia, recuperar o peso ideal, envelhecer bem e principalmente, melhorar a saúde.


 

Você não adoraria ser capaz de dizer se um alimento é ácido ou alcalino apenas olhando para ele?

Bem, se você respondeu SIM, então vai gostar deste pequeno guia que vai ajudar você a decidir se um alimento irá gerar alcalinidade ou acidez no organismo depois de ingerido. Trata-se de um teste rápido com algumas perguntas bem simples…

 

Como saber instantaneamente se um alimento é alcalinizante ou acidificante

Fatores que contribuem para um alimento ser alcalinizante

1. É Fresco?

Os alimentos frescos são sempre mais alcalinizantes – eles têm todos os nutrientes ainda intatos e não foram adulterados através do processamento. Isso é especialmente verdade em alimentos que contêm óleos, que se tornam tóxicos se forem aquecidos ou expostos à luz e/ou ar.

2. Tem baixo teor de açúcar?

Açúcar é açúcar! E todo o açúcar, não importa se é glicose, frutose, dextrose etc. é altamente acidificante. Algumas frutas contêm níveis elevados de frutose e, portanto, devem ser comidas com moderação.

3. É vegetal?

Quase todos os alimentos vegetais são alcalinizantes.

4. Tem um alto conteúdo de água?

Alimentos com alto teor de água são geralmente mais alcalinos.

5. É verde?

Os alimentos verdes contêm clorofila – que é extremamente alcalinizante.

6. É rico em minerais?

Os alimentos alcalinizantes são geradores de alcalinidade no organismo porque eles contêm quantidades elevadas de minerais alcalinos. Os minerais mais alcalinos são: cálcio, magnésio, potássio, sódio, manganês e ferro. São estes minerais que você deve procurar nos alimentos.

 

Se você estiver analisando um alimento e responder SIM a pelo menos 2 ou 3 destas perguntas, então provavelmente o alimento é ALCALINIZANTE!

 

Fatores que contribuem para um alimento ser acidificante

1. Tem alto teor de açúcar?

O açúcar é a substância que mais contribui para saber se um alimento é alcalinizante ou acidificante. Evite o mais possível o açúcar!

2. É refinado?

Quanto mais processado e refinado for um alimento, maior a probabilidade de formar ácidos no organismo. Prefira alimentos frescos e integrais sempre que possível!

3. Contém glúten?

O glúten é uma das substâncias mais inflamatórias e acidificantes. Evite alimentos que contêm glúten.

4. Contém laticínios?

Os laticínios também devem ser evitados sempre que possível! São acidificantes e formadores de muco.

5. É fermentado?

A fermentação torna as comidas acidificantes. No entanto, alguns fermentados (os que contêm probióticos) trazem muitos benefícios para a saúde.

6. Contém leveduras?

Alimentos com leveduras são de evitar porque são acidificantes.

 

Se você estiver analisando um alimento e responder SIM a pelo menos 1 destas perguntas, então provavelmente o alimento é ACIDIFICANTE!

 

Seguindo esta metodologia, você poderá selecionar os alimentos certos quando você estiver fazendo as suas compras, ou for comer no restaurante ou na casa de amigos e por aí vai. Acredito que esse teste simples vai tornar a sua vida muito mais fácil!

Abraço e até sempre!

como saber se um alimento é ácido ou alcalino

 

Para receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos" coloque seu Nome e Email abaixo e clique no botão "Quero Receber":

Author: Carlos Pereira

Share This Post On

Trackbacks/Pingbacks

  1. 7 alimentos antiinflamatórios poderosos para melhorar a sua saúde - […] respondeu que todos eles são alimentos alcalinos, então você acertou! […]
  2. Alimentos bons para os olhos e que ajudam a melhorar a visão naturalmente - Dieta Alcalina Blog - […] que quase todos os alimentos dessa tabela são alimentos formadores de alcalinidade no corpo humano? Então se adotar a dieta…
  3. Tabela de alimentos ricos em vitamina C - Saiba quais são as frutas e vegetais com mais alto teor deste micronutriente essencial - Dieta Alcalina Blog - […] têm uma dieta saudável conseguem obter vitamina C em quantidade suficiente. Por exemplo, se você incluir no mínimo 60%…
  4. Lista de vegetais que proporcionam mais benefícios se forem comidos crus - Dieta Alcalina Blog - […] certeza você já sabe que os vegetais são os alimentos mais alcalinizantes que existem, e se alguns deles precisam…
  5. Receita de Suco Super Alcalino [The ALKALIZER] - Dieta Alcalina Blog - […] e na verdade eu achei o nome muito sugestivo porque dois dos ingredientes utilizados são super alcalinizantes. Então essa…
  6. Top 26 - Alimentos ricos em magnésio (divididos por categorias) - […] Como em esse blog nos dedicamos a falar sobre a DIETA ALCALINA, eu coloquei a verde os alimentos que…
  7. 6 regras de ouro para você comer em equilíbrio ácido-alcalino - Dieta Alcalina Blog - […] promotores de alcalinidade e alimentos formadores de ácidos deve sempre ser favorável aos alimentos alcalinizantes. Dessa forma, os ácidos…

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

OFERTA

OFERTA

 

Para receber GRATUITAMENTE a "Tabela de pH dos Alimentos" insira o seu melhor EMAIL abaixo e clique no botão "Quero Receber"

Email
E-mail Marketing por TrafficWave.net

Sucesso! Agora verifique seu email!